Compras de Maquiagem- Sephora e Monoprix (Paris)

Oi meninas, tudo bom?

No vídeo de hoje eu mostrei para vocês tudo o que eu comprei de cosméticos e maquiagens na viagem. Vamos conferir:

Produtos mencionados:

-Shampoo Le Petit Marseiliais para cabelos normais
-Mascara de hidratação Le Petit Marseiliais para cabelos secos
-Desodorante Dove Invisible Dry
-Creme Hidratante Avéne (13,80 euros)
-Água Termal Avéne (10 euros)
-Demaquilante Bioderma (10,60 euros)
-Lenços demaquilante Bioderma (2,90 euros)
-Lenços demaquilantes Primark (2 libras)
-Lip Balm Primark (1 libra)
-Perfume Tommy Girl (+/- 100 reais)
-Rímel The Falsies Maybelline
-Rímel The Rocket Maybelline
-Rímel Great Lashes Maybelline
-Rímel Loreal Volume Express
-Bronzer Bronjois
-BB Cream Maybelline- Cor: Medium Light
-Corretivo Instant Age Maybelline
-Color Tatoo Permanent Taupe Maybelline
-Color Tatoo Pink Gold Maybelline
-Dream Touch Blush -Cor: 05
-Delinhador Super Liner Loreal
-Base Fit Me Maybelline- Cor: 130
-Pó Compacto Fit Me Maybelline -Cor: 125
-Fixador de Maquiagem All Nighter- Urban Decay
-Bronzer Nars -Cor: Laguna
-Rímel They’re Real- Benefit
-Kit ”How To Look The Best At Everything” Benefit
-Kit ”Sugarlicius” Benefit
-Paleta Naked 2- Urban Decay
-Blush Gelée Givenchy
-Primer Potion Urban Decay

Então é isso meninas, espero que tenham gostado. Beijinhos!

Anúncios

Diário de Viagem- dia 09 e 10 de Abril

Dia 09/04/13

Hoje foi o dia da preguiça. Todo mundo acordou super tarde e decidimos ir na Notre Dame. Antes disso fomos visitar a Igreja Saint Chapelle, que ficava no caminho e é linda por dentro. Cheia de vitrais, quando o sol bate ela fica colorida. Depois disso, lá pelas duas fomos para a Notre Dame, que me decepcionou um pouco. Achei que fosse mais bonita. Por sinal, todas as igrejas não achei tudo aquilo que falavam. Enfim, como nesse dia fomos só em igrejas e lá dentro não era permitido tirar fotos, o post de hoje será um pouco mais pobrinho. Voltando, depois da Notre Dame, começou a chover muito e decidimos ir na Galeria Laffaiete de taxi, que até hoje não sei se foi uma boa ideia porque demorou muito para o taxi chegar por causa do transito incomum, e lá dentro era tão quente por conta da calefação que eu não conseguia nem andar direito. Acabou que eu, meu irmão, minha prima e minha mãe passamos a maior parte do tempo no Mc Donalds que tinha lá dentro hahaha enfim, a loja é sim linda, mas tudo era tão caro e eu tava passando tão mal que me deu preguiça de olhar. Depois do resto do povo olhar tudo o que queriam, nós voltamos para casa e minha tia fez um macarrão delicioso de novo para a janta. Jantamos e ficamos na mesa contando as peripécias do dia.

10/04/2013

A partir de agora vai ficar um pouco mais difícil eu contar tudo com detalhes porque minha mãe parou de escrever no diário que eu estava usando como base. Mas vamos que vamos! No dia seguinte nós nos dividimos. Eu, minha mãe, meu pai, meu irmão, minha prima e minha tia fomos até Versailles visitar o castelo. Enquanto minha outra tia e a amiga dela ficaram em Paris. Pegamos um trem pela manhã que demorou cerca de uma hora. A cidade é bem menor que Paris mas mesmo assim é linda. Conseguimos furar uma baita fila por conta da minha mãe que usa muletas e por conta disse não demoramos para entrar. O castelo é lindo, mas não parece com nada que eu imaginava. Pegamos aqueles audioguides e pelo o que eles contavam e a forma como as coisas estavam dispostas não parecia que alguém tinha morado ali um dia. Sei lá, achei estranho.

Imagem

 

Depois da visita lá por dentro e uma super aula de história, mesmo com fome decidimos fazer uma visita aos jardins do Palácio e vou dizer, achei bem mais bonito que lá dentro. Mesmo sem folhas e flores era jardins enormes e você podia ter noção de toda a grandiosidade da época. Pagamos cerca de 8 euros para pegar um onibus que passeava por todo o jardim.

Imagem

 

Paramos duas vezes. Uma delas para comprar água e um povo ir no banheiro. Nessa parada encontramos dois franceses que até hoje fico pensando da onde saiu tanta beleza. Até hoje a Gabriella diz que um deles é namorado dela hahaha Na segunda vez eu comi o melhor crepe de Nutella que eu já comi na vida ❤

Imagem

Depois disso, finalizamos o passeio e fomos almoçar no Mc da cidade porque a gente estava morrendo de fome. O Mc tava super cheio e por isso a gente comeu meio rápido. Pegamos o trem e voltamos para Paris. Não me lembro direito o que fizemos quando voltamos, mas acho que fomos jantar numa pizzaria que tinha no nosso bairro com uma pizza super diferente e gostosa.

Então é isso, espero que tenham gostado e até a próxima. Beijinhos!

Tutorial Make Básica e Rápida

Oi meninas, tudo bom??

No tutorial de hoje eu trouxe uma maquiagem super básica, fácil e rápida mas que quebra um super galho da hora de sair. Usei os produtos novos que eu comprei e amei tudo. Vamos conferir:

DSC08040
DSC08041
DSC08045
DSC08051
page

Produtos Utilizados:
-Primer Potion Urban Decay
-Sombra Verve- Naked 2 Urban Decay
-Sombra Tease- Naked 2 Urban Decay
-Sombra Busted- Naked 2 Urban Decay
-Sombra Foxy- Naked 2 Urban Decay
-Delinhador Loreal Super Liner
-Rímel They’re Real- Benefit
-Bronzer Nars- Cor Laguna
-Blush Gelée Givenchy
-Iluminador High Bean- Benefit
-Batom MAC- Cream Cup

Então é isso meninas, espero que tenham gostado, beijinhos!

Noites de Tormenta

      O dia tinha sido excelente e péssimo ao mesmo tempo. No dia seguinte não havia preocupações e deitada na cama ela decidiu assistir seu filme preferido. Achou qualquer site que passasse ele online e dublado porque não estava com a menor paciência para esperar qualquer coisa carregar, e ler legenda também estava dispensado (apesar de achar filme dublado o cúmulo). Não estava exatamente com fome, mas queria comer alguma coisa. Como o brigadeiro já tinha acabado, ela pegou o último miojo que tinha na casa e fez ele no microondas (o que seria outro ato de preguiça, já que miojo já é uma coisa fácil, no microondas em 3 minutos ta pronto e nem mexer você precisa). Colocou em uma caneca porque com o prato derrubaria tudo na cama como sempre fazia e voltou para o quarto. Pegou o cobertor mais quentinho, se aninhou na cama e quando deu o ”play” seu celular apitou. Se fosse mais alguma coisa ruim ela cairia no choro. Mas era apenas a mensagem certa da pessoa certa para que ela dormisse bem o resto da noite. Assistiu o começo do filme, comendo miojo e repetindo as falas na sua cabeça, já que sabia todas de cor. E quando seus olhos já estavam pesados, ela desligou tudo e entrou no mundo dos sonhos, onde a realidade não existia e ela podia viver feliz e sem preocupações.

Imagem

 

Esse  texto é um conto de autoria própria e não tem cópia de nenhum lugar

Sexo Frágil?

”Absorvente deve incomodar pra caralho, sutiã deve apertar, elas sangram por 7 dias, tem cólica e TPM. quando perdem a virgindade devem sentir muita dor, se equilibram num salto agulha de 15 cm pra ficarem mais bonitas para nós. Em todo os lugares tem ”AMIGAS FALSAS”. Se ficam com muitos homens as chamam de vadia, se não ficam as chamam de sozinhas. Elas tem que se preocupar com o corpo e cabelo, quase enfiam um lápis dentro do olho só pra ficarem bonitas para nós homens, tem que lidar com as criticas das outras mulheres em relação as roupas, sapatos ou bolsas. As mulheres tem que carregar durante 9 meses um bebê dentro delas, passam por enjoos e sofrem as dores do parto, dão a luz a uma nova vida e aí vem um IDIOTA e fala que elas são do ”SEXO FRÁGIL.” Mulher é mesmo interessante né? Mesmo brava é linda, mesmo alegre chora, mesmo tímida comemora, mesmo apaixonada ignora, mesmo frágil é poderosa!”

Vi esse texto no facebook e achei legal compartilhar 🙂

Sobre bebidas alcoólicas

  Hoje eu fiquei sabendo de uma história que me chamou a atenção para um assunto e eu vim compartilhar um pouco disso com vocês. 

  Um conhecido meu, que fazia intercâmbio, foi deportado porque foi pego fumando maconha. Esse fato ligado a nova Lei Seca com tolerância zero me fez pensar sobre esse assunto.

  Se pessoas do meu ciclo social lessem esse texto, eu provavelmente seria taxada de ”certinha”, mas realmente, não vejo o porque das pessoas associarem beber com felicidade e status, se podemos assim dizer. Não sei quando isso começou, porque pelo que meus pais contam, na época deles a grande minoria começava a beber antes da hora. E hoje, infelizmente, acontece o contrário.

  Não estou falando só dos adolescentes, porque milhares de pessoas morrem em razão de outras que não pensaram nas consequências de beber e dirigir logo em seguida. Mas com adultos é um pouco menos pior ao meu ver. Com certa idade você já cria responsabilidades e muita gente percebe quando é a hora de voltar de taxi da balada. Mas nem sempre é assim. E talvez seja por isso que surgiu a tal da Lei Seca. Como uma forma de controle.

  Minha história com a bebida, começou em festas de 15 anos. Antes disso, eu nunca tinha ido em lugar nenhum onde menores de idade bebiam e isso nem se passava na minha cabeça. Não vou dizer que nunca bebi em festas porque eu estaria mentindo. Mas bebo ”socialmente” aqueles coquetéis típicos de festas de 15 anos, que para mim, não tem a capacidade de deixar ninguém bêbado.

  Na festa de 15 anos da minha melhor amiga eu também brindei com ela. Brindei no Ano Novo e em celebrações especiais. Mais bêbada eu nunca fiquei porque foi uma taça ou outra. Nunca senti uma necessidade de beber para me divertir. Com os meus amigos é a mesma coisa. A grande maioria pensa como eu, e acho que é por isso que a gente se entende.

  Nunca deixamos de nos divertir porque não bebemos ou bebemos menos que as outras pessoas. Pelo contrário, em toda festa que eu fui, sempre tem alguém dando o famoso ”PT” e tendo que ir embora antes mesmo da festa ficar boa. Gosto de ficar até o fim, sair junto com a dona da festa hahaha

  Essa coisa toda de falsificar identidade para comprar bebida e em entrar em baladas nunca foi a minha cara. Confesso que já pensei nisso porque muitas vezes me sentia um pouco excluída por não ir nos lugares que todo mundo ia. Mas ai eu vi que não era bem assim. Minhas amigas e eu preferimos sair para jantar, ir no cinema, passear no shopping e quando surge alguma festa em que a gente pode entrar sem ter o problema da idade a gente vai com certeza. Nunca morremos por ficar mais sextas e sábados em casa ou comendo uma pizza na casa de alguém. Pelo contrário, temos muitas histórias para contar de todas as vezes que a gente se reúne.

  Com drogas é um pouco menos, afinal é bem menos acessível e mais perigoso. Ou pelo menos era. Parece que cada vez é mais fácil fazer tudo que é proibido, sem aparentemente ser descoberto. Mas mesmo assim, conheço muita gente que eu sei que usa e também não entendo o porque. Parece que os jovens usam isso para se reafirmar de alguma coisa que muitas vezes nem eles sabem bem o que é, e com isso, acabam com momentos, dias, meses ou até a vida inteira deles mesmos ou até de alguém.

Esse texto, foge bastante dos assuntos tratados no blog, mas como eu sei que muitos adolescentes são o público, peço que vocês leiam e reflitam se é isso mesmo que querem para a vida de vocês. E deixem nos comentários o que vocês acham sobre esse assunto.

Espero que tenham gostado e que tenha ajudado alguém de alguma forma. Beijinhos!